Assinatura RSS

Golden.

Publicado em

Para ler ouvindo:

Tira o meu chão. Faz com que eu tropece e caia e me levante cambaleante e seguindo em frente, sempre.

Me dá um dia novo, em branco, pra pintar com as cores que eu imagino que a vida tem. Pra eu pintar cores e cheiros sem nome e fazer chover fora de mim.

Escreve todas as palavras proibidas pra que eu grite-as com todo o ar dos meus pulmões. Me ensina cantigas que ninguém nunca cantou pra que eu descubra a minha voz. 

Me machuca, me faz sangrar todas as misérias do universo. Arranca o meu câncer, esse coração que não me cabe, que não cabe em canto nenhum de história nenhuma. Me quebra ao meio pra que eu esvazie. E depois transborde de novo.

Me dá um gole de vida pra que eu morra um pouco também.

Me transforma em sombra pra eu te acompanhar.

Pendura o teu sorriso na parede, pra que eu não desaprenda a sorrir. Me dá o teu o sonho pra eu queimar. Me dá a última luz, a chama do fim do mundo.

E de pequena, me torna grande. Me faz maior.

Me dá o pó com o qual eu construirei o mundo. 

Me dá o mundo. Me faz o mundo. 

Anúncios

Sobre Amanda

Atriz da Cia CemCulpas e escritora de meia tigela.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: