Assinatura RSS

O infinito de uma espera.

Publicado em

Ela esperava de (a)braços abertos.

Metafórica e realmente. Passava os dias vendo a vegetação crescer ao redor, sentada na velha estação, olhos impacientes à espreita, procurando.

Aguardava um trem, mesmo que não soubesse qual. Quando chegasse, saberia, teria certeza (a primeira de sua existência).

Ao longe, ouvia os apitos, na esperança de que finalmente se aproximassem. No fim, sem saber por que nunca chegavam, resignava-se em uma incompreensão levemente confortável.

Cansada, sentou-se, o corpo solto. Longa espera na infinitude de suas tímidas (des)esperanças. Preparava pacientemente as desculpas que daria se tudo falhasse, num futuro próximo.

Ensaiava a confissão dos seus desejos mais calados enquanto esperava a chuva cair, como todas as tardes, àquela exata hora. As gotas deslizando lentamente, escorrendo como os minutos de sua espera, os desenlaces de suas incoerências.

Sempre os mesmos dias…

Buscava entre tantos instantes uma certeza imediata, aleatória, qualquer coisa concreta para ter de companhia. Havia o pó, ao seu lado no banco, que aumentava com espantosa rapidez.

Durante um entardecer qualquer, sépia como todos os outros, deparou-se com um reflexo: uma imagem curvada, cabelos embranquecidos. Enfim, depois de tantas batalhas ocultas, tantos silêncios afiados, o grande encontro acontecera: ela estava diante do tempo.

Anúncios

Sobre Amanda

Atriz da Cia CemCulpas e escritora de meia tigela.

Uma resposta »

  1. Nossa, meio assustador esse conto!
    Sempre tive esse temor de esperar demais e acabar “perdendo o trem”, sabe? Perceber que o tempo de agir passou.
    Por isso, sou uma pessoa extremamente impulsiva, o que na maioria das vezes dá mais prejuízo do que lucro, mas eu continuo preferindo errar por excesso do que por falta de atitude.

    Não sei se foi bem essa a mensagem que você quis passar, mas foi a impressão que causou em mim!

    Adorei seu espaço, me identifiquei bastante. Vou te adicionar lá no blog!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: