Assinatura RSS

Vidros quebrados e corações partidos.

Publicado em

Eu vejo as árvores passando rápidas, vultuosas, sombrias.

Sinto o vento batendo no rosto, entorpecendo meus cabelos.

Os poros anunciando as primeiras partículas de suor.

O coração pulando cada vez mais, querendo explodir.

Músculos tremendo febril e furiosamente.

E os olhos fechados.

Não, eu não vou parar de correr.

Não vou parar de gritar tudo quanto me tem tirado noites de sono e suspiros doloridos. Não quero deixar de dizer o quanto eu sinto, eu sinto tanto tanto tanto

Seguia abrupta pelas beiradas de um caminho destruído. Uma espécie qualquer de tempestade, que arrasara tudo – a mim e ao caminho.

Súbita, parei. O coração ainda aos saltos, arfando no peito, como se quisesse atravessá-lo, sair por qualquer direção.

Eu corria na direção contrária, oposta. Só podia fugir de tudo que me dilacerava. Mas o caminho era circular. Dilacerante e arrebatadoramente circular. Golpes certeiros.

E eu certeira, certa, acertadamente correta no meu caminho de pedras, peças, vidros quebrados e corações partidos: completamente imóvel.

Sentia o sangue escorrer, quente, vivo, humano, tenaz. Os pés fincados no chão, numa última tentativa de salvação, de lucidez. A busca pelos últimos suspiros.

Quadros passando rápidos como num filme antigo, do preto e branco ao colorido, e depois de volta às escalas em cinza: era assim que eu me lembrava de tudo, de todos os soros, remédios, anestesias e porres tomados, todas as palavras não ditas, o estrago não feito. E agora, o fim.

E a frase última, a gota d’água:

Eu sinto muito.

Anúncios

Sobre Amanda

Atriz da Cia CemCulpas e escritora de meia tigela.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: