Assinatura RSS

Tanta loucura despedaçada & ________

Publicado em

Tudo que me atravessa e que me mantém de pé, com o olhar fixo num horizonte ainda sem cor. Tudo que eu não sei dizer, verbalizar, tornar real. Tudo que me é estranho, tudo que é sonho & delírio & febre & loucura &

 

 

As pequenas ânsias congeladas no instante do primeiro não, esvaziadas ao primeiro gesto de reprovação, ao primeiro corte de suas verdades não realizadas.

O caminho não é um só, se é que há caminho. Sim, sou bi, sou trilateral, mas digo: se há, há caminhos. Isso mesmo, vários, muitos, tantos, infindáveis, longos, loucos caminhos. Que ninguém vai nos ensinar; eles estão lá, selvagens, à espera de quem os desvende.

Eu tenho loucura de sobra, tenho um pouco de amor, mas sabe o que eu tenho mesmo? Eu tenho sede. E isso vai ter que bastar nem que seja pra dobrar a esquina desse caminho, ou pra cair de vez num labirinto cotidiano qualquer.

 

E aí, vai botar a cara pra bater?

 

Anúncios

Sobre Amanda

Atriz da Cia CemCulpas e escritora de meia tigela.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: