Assinatura RSS

Gira-discos estragados.

Publicado em

É. Um ponto. A delinear-se internamente, tímido. Chega com uma nuvem, pequena, acinzentada, quase inofensiva.

Gosto de crer e de querer crer, mesmo sem conseguir, que tudo não passa do normal, do real. Gosto de sentir que ainda há algo novo para descobrir todos os dias.

A normalidade me aflige, ao mesmo tempo. O medo de voltar a cair num contexto normal, de sensações cotidianas e palavras frias. Medo de sentir o tempo tal qual ele é, e não mais como uma figura mítica que me ilude e faz ver tudo de outra forma, de ponta-cabeça.

Minha necessidade antiga de estranhamento foi substituída pelo estranhamento do próprio estranhamento. Um medo de não pertencer, medo das vírgulas, de partidas, de desenlaces bruscos.

Penso tudo como consequências dos meus passos tortos. Não sei caminhar de outro jeito, então aceito. Volto a resignar-me, mas apenas até o ponto de não congelar, de ainda sentir. Abri mão da indiferença, por mais dolorido e forçoso que seja, tenha sido. Confundo os tempos, confundo-me em mim mesma, minhas ranhuras, meus nós que se desatam para depois se reencontrarem e se (con)fundirem ainda mais.

Sei que nada sobraria de mim, sem o caos, a confusão.

Não existe perfeita ordem. Melhor assim. Não poderia organizar-me sem fios soltos, perguntas sem respostas.

Fato é que preciso de rédeas para que meu caos (criatura), não domine a mim (criador). Preciso do caos tanto quanto ele de mim. Assim completo minhas cores, meus quebra-cabeças, me diluo em somas de mim mesma, afundo na descompreensão de tudo que sou. E assim, sei que tudo está bem.

Anúncios

Sobre Amanda

Atriz da Cia CemCulpas e escritora de meia tigela.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: