Assinatura RSS

monólogo.

Publicado em


Encontrei-o entre vírgulas quase sem saber, sem perceber ou poder notar, mas assim fez-se necessária sua presença constante e escondida, em que eu já contemplava sua existência.
Rostos desconhecidos tão comuns que me parecem íntimos e cotidianos fazendo parte deste tempo apressado que não pede licença para nos roubar a decência e talvez decadência do amor.

Levar um sopro de desilusão até todos que ainda acreditam em algo profano, que nos arrasta para esse poço de sonhos esquecidos e nos faz apodrecer lá, por entre os detritos de nossos espíritos pobres e abandonados.


Anúncios

Sobre Amanda

Atriz da Cia CemCulpas e escritora de meia tigela.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: